Novo imóvel: como conquistar o seu com pouco dinheiro?

Foi-se o tempo em que era preciso ter uma verdadeira fortuna para realizar o sonho de comprar um imóvel. Hoje, essa empreitada ficou muito mais fácil pelas modalidades de financiamento imobiliário e principalmente, pela diminuição das taxas de juros. Porém, sair do aluguel e comprar um apartamento é uma decisão importante que ainda requer muito planejamento.

Ter pouco dinheiro guardado não é motivo para você viver de aluguel para sempre. Sabemos que, muitas vezes, poupar dinheiro não é possível por diferentes razões, como, por exemplo, os gastos com aluguel ou um baixo salário. É aqui que surge a seguinte dúvida: é possível adquirir um imóvel sem ter uma grande reserva financeira? 

A resposta é sim. Por mais estranho que pareça, é totalmente viável viabilizar esse sonho, mesmo não tendo muito dinheiro para dar como entrada, por exemplo. 

Se você está dando um passo em busca desse sonho, continue lendo este texto. Nós iremos te mostrar como é possível realizá-lo sem ter tanto dinheiro guardado. Confira!!

Por que você deve considerar comprar um imóvel próprio?

Antes de tudo, é essencial ressaltar o porquê da compra de um imóvel ser tão importante na vida de alguém. É importante lembrar que a compra de um novo imóvel inaugura uma série de benefícios para o novo morador. Esses benefícios vão desde o bem-estar até a saúde da vida financeira. 

Pense bem: ao sair do aluguel e comprar um imóvel para chamar de seu, você estará construindo um patrimônio próprio, que, com certeza, fará você não perder mais noites de sono pensando no futuro.

Outro benefício, diz respeito ao destino do seu dinheiro. Há possibilidades de financiamento de imóveis em que as parcelas mensais são menores do que as do aluguel. Nesse sentido, a escolha se vale a pena ou não realizar essa transição é única e exclusivamente do morador. 

Falamos mais sobre o assunto aqui! Agora, iremos mostrar alguns passos para você comprar o seu imóvel, mesmo com pouco dinheiro. 

Escolha um novo imóvel que você realmente pode pagar

Essa dica parece básica, mas muitas pessoas acabam se enrolando na hora de equilibrar as contas para dar entrada ou financiar um imóvel. Portanto, um item essencial para quem quer comprar imóvel é conhecer bem o seu orçamento mensal.

Tenha em mente que isso não significa apenas conhecer o valor da sua renda, mas, sim, conhecer profundamente o quanto de dinheiro que sobra na sua conta todos os meses depois de pagar todos os gastos fixos e inevitáveis.

Mas, como fazer esse cálculo sem se enrolar? É bem simples. Basta pegar o valor que você ganha por mês e subtrair por todos os gastos que você tem. Prestações, mensalidades de cursos/escolas/faculdades, contas e outras despesas ‘’certas’’ que virão no fim o mês devem entrar nessa conta. 

Nesse sentido, você ainda pode contar com a ajuda da tecnologia para auxiliar a controlar as finanças. Atualmente, temos inúmeros aplicativos confiáveis que automatizam custos e despesas e dão um diagnóstico sobre a saúde da sua vida financeira. 

Se puder usar o FGTS para comprar um novo imóvel, use!

O FGTS tornou-se um grande aliado para quem deseja comprar um imóvel, mas não dispõe de muito dinheiro.  O FGTS significa Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e funciona da seguinte forma: no início de cada mês, o empregador deposita 8% do valor do salário em uma conta em nome do funcionário. Logo, quanto maior o tempo de serviço, mais dinheiro terá no seu fundo. 

As regras para que isso aconteça estão disponíveis no site oficial do FGTS. A primeira obrigação é que seja um imóvel para fins residenciais. Logo, se você pensa em comprar um imóvel para investir de forma comercial, é preciso encontrar outros meios para facilitar a aquisição. 

Outra exigência necessária, é já ter trabalhado por pelo menos 3 anos com carteira assinada, mesmo que não seja de forma contínua.

É preciso também que o comprador não tenha nenhum outro financiamento de habitação ativo no país e resida no município do imóvel que pretende adquirir, porém, para poder utilizar o fundo, ele não pode possuir nenhum imóvel nesta cidade.

Nessa forma de pagamento, o teto para a compra de imóvel se limita a R$1,5 milhão. No caso do comprador se encaixar nas regras, o FGTS pode ser utilizado como pagamento integral ou de uma parte do imóvel, ou pode servir como entrada para um financiamento ou para dar um lance em consórcio.

Essa é uma opção muito interessante para os que buscam comprar imóvel sem ter dinheiro guardado, uma vez que o FGTS costuma ser um dinheiro que não é movimentado ou utilizado e pode colaborar na realização do sonho da casa própria. Pelo site do governo, é possível checar o saldo disponível. 

Corte os gastos desnecessários

Cortar despesas é um assunto muito relativo e varia de pessoa para a pessoa. Mas, se você pensa em comprar um imóvel, é preciso ter em mente que qualquer economia é bem-vinda. Certo?

Nesse sentido, cortar pequenos gastos para economizar no final do mês é uma regra fundamental. Para tanto, existem algumas dicas que podem te ajudar a não sobrecarregar o seu orçamento financeiro, que é começar a cortar menores gastos e trocá-los por opções mais econômicas e sustentáveis para o seu bolso. 

É importante frisar que a diminuição de despesas não é sinônimo de diminuir o seu padrão de vida. Se feita com planejamento, essa economia só trará benefícios para você. Tenha em mente que em muitas vezes, você pode estar desperdiçando um dinheiro importante com coisas que não são essenciais. 

É preciso seguir a premissa de que tudo é ajustável. Faça uma avaliação cuidadosa do quanto você gasta em suas horas de lazer e tente reduzir alguns custos, como pacote da TV a cabo, compras desnecessárias e por impulso, excesso de saídas no final de semana e gastos em restaurantes mais caros. Siga o mesmo raciocínio para o resto de seus custos. Acredite: agindo com inteligência, dá para poupar uma boa grana.

Pesquise, pesquise e pesquise!

A pesquisa é uma das etapas mais importantes na hora de comprar um imóvel. Após ter a dimensão correta da sua condição financeira, será possível pesquisar os bairros que mais se adequam ao seu perfil. 

Nessa hora, é interessante contar com a facilidade da internet e usar a web para procurar oportunidades compatíveis com a sua renda e as suas preferências nos portais imobiliários e classificados online. Outra opção válida é consultar diretamente construtoras e imobiliárias.

Essas empresas possuem times especializados que fazem um mapeamento completo das opções disponíveis de acordo com a sua necessidade. Isso é importante, pois evita que você perca tempo pesquisando e visitando imóveis que não sejam do seu interesse.

Então, se você não quer perder preciosas horas, contar com a consultoria de profissionais qualificados e preparados como os corretores e as imobiliárias é imprescindível.
Além disso, comprar um novo imóvel pode ser facilitado ao contar com empresas de renome no mercado. Com a Abyara, é possível utilizar um serviço exclusivo: o Imóvel Cash. Ele é ideal para quem precisa vender o seu apartamento anterior, conseguindo assim, 40% do valor do imóvel. 

Conclusão

Comprar um imóvel novo é um sonho possível, mesmo com pouco dinheiro. Mas, é preciso ter muita atenção em relação ao planejamento financeiro para concretizar esse que é o desejo número um dos brasileiros.

Mencionamos algumas dicas sobre como se preparar para essa empreitada. Primeiramente, frisamos os benefícios em comprar um imóvel novo, como ter um patrimônio para chamar de seu. Em seguida, ressaltamos  necessidade em escolher um imóvel que você realmente pode pagar. 

Outra dica de ouro foi a dedicação em utilizar o FGTS para viabilizar esse sonho. Além disso,  deixamos claro que o corte de despesas desnecessárias pode significar uma boa economia no final do mês e dar aquele empurrãozinho necessário para você quitar as parcelas do novo imóvel com muita tranquilidade. 

E aí, está preparado para dar esse passo e conquistar mais esse objetivo?

Autor: Equipe Abyara
Publicado há 2 anos

mail_outline
Inscreva-se na Newsletter do blog Blog da Abyara e receba as atualizações direto no seu e-mail.

As pessoas também estão lendo...