5 dicas de como conseguir ampliar o espaço do seu apartamento pequeno

Cada vez mais os apartamentos compactos tomam conta dos lançamentos imobiliários. Eles vieram para ficar e, apesar do tamanho reduzido, é possível criar um ambiente funcional e confortável. Uma decoração de apartamento pequeno é ideal para otimizar um espaço e aumentar a áreas de circulação. Afinal, apê pequeno não deve ser sinônimo de desconforto, certo? 

Segundo dados do IBGE, houve um grande aumento entre os brasileiros que moram sozinhos na última década. Outro dado interessante a citar, é a crescente diminuição das famílias em relação aos integrantes. 

Essa mudança afetou também a forma como as pessoas vivem, bem como os imóveis escolhidos. Nesse sentido, o apartamento pequeno chegou com tudo e já representa parte importante dos lançamentos imobiliários, principalmente em grandes metrópoles como Rio de Janeiro e São Paulo.  

Com isso, a atenção dos designers de interiores e arquitetos foi voltada para otimizar esses espaços e transformar esses pequenos notáveis em ambientes 100% funcionais, confortáveis e acolhedores. 

A seguir, você irá conhecer dicas preciosas para aumentar a amplitude de um ambiente sem precisar realizar mudanças radicais. Vamos lá? 

Conte com a ajuda das cores na decoração de apartamento pequeno

Você sabia que, além do efeito estético, as cores escolhidas para um ambiente podem servir como ampliadoras do espaço? É isso mesmo. Um truque bastante útil, explorado pelos arquitetos e decoradores, é utilizar a mesma cor no pisos e nas paredes. Dessa forma, dispensa-se o uso de rodapés e o resultado é um ambiente visualmente mais amplo. Legal, não é? 

Geralmente, a cor branca é a mais indicada para aumentar a sensação de espaço em um ambiente. Ela, de fato é bastante útil, pois reflete a luz e consegue ampliar virtualmente um cômodo. Na cozinha, por exempla, essa tonalidade é muito útil para causar o efeito de amplitude. Clique aqui e conheça 8 modelos de cozinhas pequenas para você se inspirar!

Mas, que tal pensar fora da caixinha e explorar outras tonalidades e recursos? O tom sobre tom, por exemplo, é uma técnica que confere uma percepção de continuidade. Utilizar listras também é uma boa saída. Aposte pela composição horizontal e no contraste entre as cores. Ou seja, nada de intercalar tonalidades como verde e azul, ok?

Outra dica para dar mais amplitude ao cômodo é escolher uma cor intensa em apenas uma parede. Esse recurso fica mais interessante quando a parede escolhida fica atrás de um móvel grande, como uma cama, por exemplo.

Explore a iluminação de forma coerente 

Antes de começar a instalar lâmpadas e mais lâmpadas no ambiente, é importante planejar quais espaços do imóvel merecem uma atenção especial. E isso inclui avaliar se será necessário o uso de lustres, luminárias, abajures e spots de luz. Nessa etapa, é preciso também verificar  a incidência de luz natural no espaço, para não criar um ambiente extremamente claro e desagradável. Agora sim, vamos às dicas!

Contar com a iluminação é um jeito rápido, simples e sem custos de ampliar o espaço. Ah, e isso tudo sem contar com a economia e sustentabilidade que essa prática oferece! Muitas pessoas acham que para explorar melhor a luz do ambiente é preciso realizar grandes reformas na estrutura do imóvel, como quebrar paredes, por exemplo. Mas não se desespere.

É possível que um ambiente seja maior  sem precisar levantar poeira e a escolha das luzes é o ponto central. Nesse sentido, tente sempre optar pela luz branca. Ela potencializa um estado de alerta e consegue criar a sensação de que o cômodo possui mais metros quadrados.

Se você não abre mão da luz amarela e adora a impressão de ‘’meia-luz’’ no ambiente, é preciso entender que essa luminosidade, embora deixe o cômodo mais aconchegante, diminui bastante a sua proporção. 

É possível também criar ‘’linhas horizontais’’ por meio da própria iluminação. Para isso, é indicado utilizar fitas de LED que irão contornar alguns móveis, como aparadores e racks. Nesse sentido, é preciso ter em mente que, quanto mais delineadas forem as linhas horizontais, maior será a sensação de amplitude no local.

Espelhos e mais espelhos!

Espelho é um item milagroso quando o assunto é ampliar os ambientes de um apartamento pequeno. Quando inseridos em pontos estratégicos, eles transformam qualquer decoração com muito estilo e charme. Por isso, são considerados peças-chave para otimizar pequenos ambientes e criar pontos de atenção em objetos e móveis que merecem ser valorizados.

Uma dica bem legal é revestir alguns móveis com espelhos. Você pode optar por cobrir parcialmente ou totalmente um rack, estante, aparador ou até a estrutura da cama. O resultado será um mix de materiais que, além de ampliar o espaço, cria a sensação ímpar de elegância.

Para deixar um ambiente muito grande mais amplo, é possível também variar as posições do objeto. Já pensou em instalar o espelho bem no alto da parede com a parte de cima sutilmente inclinada para a frente? Essa técnica permite que o espelho consiga refletir mais itens do que quando colocado na parede, por exemplo. 

Dica de ouro: evite os excessos:

Na hora de posicionar o espelho, é importante ter cautela para não estragar o resultado da decoração do apartamento pequeno.  Uma dica de ouro é colocar o objeto apenas em locais onde você realmente deseja que ele reflita. 

É preciso ter em mente que alguns cômodos podem não permitir o uso de espelhos. Entre eles, podemos destacar a sala de estudos ou até mesmo um escritório. Eles podem desviar o foco e atrapalhar a criatividade de concentração das pessoas. Evite também posicioná-los através da TV para não atrapalhar a experiência dos telespectadores. 

Além disso, o excesso de espelhos pode incomodar a visão e confundir a percepção territorial dos moradores. Logo, pondere e planeje bem a posição dos objetos para que eles fiquem em sintonia com a decoração. A última dica é simples, mas muitas vezes esquecida:  utilize apenas um espelho por ambiente.

Atente-se à disposição dos móveis num apartamento pequeno

Antes de entender como a disposição dos móveis pode ajudar na ampliação dos espaços, é essencial avaliar a dimensão do cômodo, tendo em vista que todo o planejamento deve ser feito levando em consideração o espaço disponível do apartamento pequeno.

Pode não parecer, mas apostar na organização dos móveis no ambiente é uma alternativa para ampliar um cômodo e melhorar a área de circulação. Nesse sentido, é preciso abandonar a lógico do ‘’quanto mais, melhor’’ e prezar pela funcionalidade. Acredite: isso dá certo. 

Como os móveis devem ser dispostos de modo que a funcionalidade seja prioridade, é necessário colocá-los de modo que a área de convivência não seja prejudicada. Ou seja, deixe um espaço razoável entre um móvel e outro para permitir a livre circulação das pessoas.  

Você já parou para pensar que o excesso de móveis e objetos pode prejudicar um ambiente também? Isso é muito normal. Na animação por decoração e deixar o imóvel com o jeitinho do dono, muita gente acaba exagerando e transformando o cômodo numa verdadeira bagunça. 

Nossa dica para evitar isso é retirar esculturas e plantas desnecessárias e principalmente, priorizar os móveis e objetos suspensos como efeito decorativo. Luminárias, pequenos abajures e nichos na vertical são uma ótima saída para não prejudicar o aproveitamento do espaço.

Dica de ouro: pratique o desapego

Essa é a parte difícil, mas é necessária. É preciso entender que para ter um ambiente mais otimizado num apartamento pequeno, é preciso abrir mão de alguns móveis. Nessas horas, conte com a criatividade para diversificar as funções deles,que tal?

Pense que  uma mesinha de centro que ocupava muito espaço na sala pode ser transformada em mesa de canto no seu home office. Ou até mesmo uma  mesinha para comportar pequenas plantinhas na cozinha ou no banheiro. 

Explore a verticalidade para aumentar um apartamento pequeno

Por fim, a última dica para explorar melhor espaços é atentar-se verticalidade do espaço. As paredes podem ser ótimos locais para alocar objetos, plantas e pequenas estruturas. Essa opção é ótima para diminuir o ‘’peso’’ de móveis no ambiente como aparadores e mesas de centro. 

Até em cômodos menores é possível explorar as paredes. Em banheiros, por exemplo, é possível substituir aparadores por nichos suspensos para alocar itens de higiene pessoal. Legal , não é? Pense que as paredes devem trabalhar a favor do seu espaço sempre!

Outra dica, é utilizar as portas de correr para melhorar a circulação do espaço. Elas são mais práticas, funcionais e ainda podem ser revestidas de espelhos, o que, como já falamos acima, também é uma dica e tanto para ampliar qualquer ambiente. 

Gostou das dicas? Que tal começar hoje a transformar o seu apê num imóvel mais amplo e charmoso?

Conclusão

Os apartamentos estão ficando cada vez menores, mas isso não deve ser sinônimo de espaços desconfortáveis, certo? Ultimamente, as tendências de decoração priorizam a otimização dos espaços através de alguns recursos acessíveis. Neste artigo, você conheceu as melhores dicas para aumentar a sensação de amplitude num apartamento pequeno. Entre elas, destacamos a utilização inteligente das cores. Entre elas, o branco. Ressaltamos também a importância em reavaliar a disposição dos móveis para melhor a livre circulação dos moradores. Gostou das dicas? Que tal começar hoje a transformar o seu apê num imóvel mais amplo e charmoso?


Autor: Equipe Abyara
Publicado há 7 meses

mail_outline
Inscreva-se na Newsletter do blog Blog da Abyara e receba as atualizações direto no seu e-mail.

As pessoas também estão lendo...